Antes de Constelar

"As constelações são um serviço à vida, nos permitem descobrir a dimensão sistêmica oculta que direciona nossas decisões, nossas emoções e nossos destinos. Graças a estas tomadas de consciência, somos capazes de reorientar nosso dia-a-dia para mais vida, mais saúde, mais amor. Para uma maior realização!

Por um lado, permitem uma abertura da consciência que, por sua vez, cura a nossa vida. Nos ajudam a estarmos mais vivos, na força e na responsabilidade do adulto, a estarmos centrados, no respeito e na gratidão. E, com isso, nossas vidas começam a mudar.

Por outro lado, a ferramenta baseada na representação de outros, sem saber nada deles, desde o centro vazio, apenas impulsionados por um lento e silencioso movimento curador, permite uma cura profunda, frequentemente surpreendente e rápida, de qualquer sofrimento de nossa vida". (Brigitte Champetier de Ribes).

Quais Temas posso Constelar?

Na Constelação Familiar é possível identificar que há uma transmissão transgeracional que cria uma cadeia de destinos, fato este que evidencia os laços profundos que nos unem ao nosso sistema familiar e à nossa ancestralidade. Herdamos não apenas os genes de nossos antepassados mas também a memória celular ancestral que nos leva a pertencer a nossa família. Desta maneira, herdamos de forma inconsciente e amorosa as memórias, sofrimentos, perdas e tantas outras situações de nosso sistema familiar. A atitude fenomenológica das constelações se dá pelo fato de que não se trata de interpretar ou concluir sobre situações trazidas pelo cliente e sim "olhar" para aquilo que está no campo de percepção do constelador e da pessoa que está trabalhando seu tema.

Este trabalho é indicado para todas as pessoas que em suas vidas estão passando por situações que remetem a um descontentamento ou dificuldade:

  • Vivenciam conflitos familiares, com pai, mãe, filhos, cônjuges e companheiros ou outros membros familiares;

  • Sentem vontade de realizar algo mas não se conectam com a própria força para agir e concretizar seu desejo;

  • Desejam identificar seu verdadeiro propósito de vida;

  • Passam por algum quadro de doença ou falta de saúde ou ainda a falta de saúde ocorre em filhos pequenos;

  • Desejam se abrir para o fluxo de abundância e prosperidade porém sentem que algo os impede;

  • Encontram dificuldades para ter sucesso na área profissional;

  • Passam por conflitos de relacionamento no ambiente de trabalho ou outro grupo social;

  • Têm dúvidas sobre que caminhos tomar na vida e desejam ter maior clareza sobre o rumo a ser tomado.

  • Sentem algum tipo de bloqueio, angústia, desconforto, ansiedade, depressão, agressividade, raiva, cuja origem não sabem explicar.

  • Hiperatividade, Fobias, Déficit de Atenção e outros;

  • Estão em busca de autoconhecimento e crescimento pessoal.

Durante a Constelação

A Constelação Familiar Sistêmica é um trabalho que inicialmente foi desenvolvido em grupos e que foi adaptado ao longo dos anos e conduzido aos consultórios terapêuticos.  Em grupo,  o trabalho consiste em o cliente trazer um tema específico (que pode ser relacionamento  familiar, casal, doenças, filhos, empresa, conflitos.), e escolher pessoas do grupo para representar os elementos do seu sistema (pessoas, conceitos ou situações).

Os representantes são posicionados em um campo específico e assumem uma postura neutra, isenta de pensamentos ou intenções. Então, movimentos corporais sutis começam a ser percebidos pelos representantes e estes os manifestam de forma espontânea. Por exemplo: aproximar-se de outro representante, desviar o olhar, sorrir, chorar, deitar no chão, entre outros.. Os movimentos da alma são lentos e silenciosos e conectam-se através de ressonância com o campo onde o tema atua.  O cliente apenas irá observar a movimentação dos representantes e então algo ocorrerá em sua alma que irá ressoar no campo familiar ou em determinado grupo, levando assim à uma solução sistêmica.

Em contrapartida, no atendimento individual, utilizam-se outros recursos como bonecos, âncoras de solo (papel, feltro, etc.) ou qualquer outro objeto para ancorar um elemento do sistema, seja familiar ou organizacional já que não há representantes. O terapeuta, em algumas situações, pode entrar no campo para representar alguém ou algum sintoma para aumentar seu campo de percepção sobre o tema e auxiliar o cliente a ter uma visão mais ampla do emaranhamento. As informações que no grupo são trazidas pelos representantes, agora podem ser vistas através do posicionamento dos bonecos, do tipo escolhido (mulher, homem, criança) para determinada pessoa ou conceito. Minha forma de trabalho mescla as imagens trazidas pelos bonecos/objetos com a percepção sensorial do campo. Ou seja, a partir de uma imagem inicial do sistema, obtida através do posicionamento dos bonecos, levo o cliente para o campo, onde ele mesmo representa a si próprio, e eu, como facilitadora, represento os demais elementos do sistema (como ocorre no grupo). O trabalho ocorre no mesmo formato do grupo, de forma silenciosa. Em alguns momentos pontuais, se for necessário, frases de solução são ditas para impulsionar um movimento ou para trazer à luz uma dinâmica oculta do sistema. O tempo da constelação, neste caso também é maior. Trabalhar com bonecos ou âncoras é utilizar uma ferramenta simbólica. A colocação dos distintos elementos mostra a representação da dinâmica relacional entre eles. Portanto, podem auxiliar a pessoa a ampliar sua visão e entrar em contato com a solução sistêmica. Em ambos os casos, no grupo ou no individual, algo muito profundo é colocado em movimento na alma do cliente. 

Após a Constelação

Após a sua constelação, nos dias seguintes, é comum entrar em um processo de intensa sensibilidade e emotividade, pois a constelação intensifica um estado alterado de consciência.

Por essa razão, é indicado, durante os próximos dias, uma terapia energética (crânio-sacral, acupuntura, reiki etc.), pois os efeitos da constelação e dessa terapia se potencializarão mutuamente.

Após este período, durante várias semanas, inclusive vários meses e, em alguns casos, anos, você continuará processando a informação recebida no dia da sua constelação.

Nesse período irão ser processadas as mudanças sistêmicas e energéticas que irão ocupar um lugar em você, em outros membros da sua família e nas pessoas que estão em ressonância com você. São mudanças muito profundas e sutis: mudanças de crenças, mudanças de energia, mudanças de "roteiro", que implicam que você irá deixar várias compensações às quais tem muito apego, que irão lhe chegar novos objetivos.

Algumas pessoas se sentem mexidas, estranhas, durante uns dias. Assim como depois de qualquer psicoterapia, atravessa a fase de mudanças com ilusão, curiosidade, paciência, senso de humor. Irá descobrir, depois, às vezes logo em seguida, que se sente fluir de um modo novo, cheio de energia e de amor por si mesmo e pelos demais.

Às vezes se produz uma resolução fisicamente dolorosa, como dores, gripe, cansaço. Cuide-se, são etapas normais de "desintoxicação".

Não tome decisões precipitadas; você gastaria em vão a energia que, pouco a pouco, vai se apropriar. As decisões virão sozinhas!

Posteriormente você irá perceber que empreendeu um giro em sua vida e que este giro fluiu sozinho, porque você já está totalmente no aqui e agora, aproveitando e desfrutando do que lhe cabe, usufruindo ao máximo de suas possibilidades. Que flua, não significa que vem sozinho; vem graças à sua entrega, ao seu novo respeito pelo sistêmico e pela vida tal como ela é, à sua tomada de consciência, à sua decisão de assumir suas responsabilidades.

A constelação continua agindo durante um tempo; é necessário dar-lhe seu espaço. E não existe regra para saber quando constelar de novo.

Os sistemas aos quais pertencemos irão enviar sinais na forma de nova dificuldade quando eles precisarem que voltemos a constelar; e, às vezes, isso acontece muito rápido. Pense que não há regra! Seu corpo, suas emoções, sua vida, irão lhe dizer quando. Alguns irão sentir a necessidade de trabalhar sistemicamente diferentes aspectos de sua vida que irão surgindo no cotidiano, e aprenderão a fazer isso sozinhos, tornando-se cada vez mais autônomos.

Com o tempo, nos momentos de stress, é possível que você observe novamente reações ou sintomas que a constelação fez desaparecer. Aparecem novas camadas da cebola, mas agora você tem mais experiência; o que ainda não está liberado totalmente volta a se manifestar para uma nova tomada de consciência.

Também tenha em conta que a constelação interrompe o "motor" sistêmico, a origem de nossos problemas, e nos permite viver na energia criativa, mas o cérebro tem gravado estes velhos problemas e, em momentos de cansaço ou dor psíquica, o mesmo cérebro, buscando a economia energética, recorre ao velho conhecido, embora com menos força, mesmo que já não tenha sentido... Então, nos cabe um trabalho de purificação e aceitar-nos como somos... Também nos daremos conta que os apoios terapêuticos periódicos de todo tipo são úteis para "desgravar-nos" e manter-nos energeticamente fluidos.

Desde que Hellinger se aproximou do amor ao espírito e de seu movimento, a compreensão das constelações tem mudado. Temos nos dado conta que o importante de uma constelação é o movimento que se coloca em curso para o cliente, não a imagem final... Inclusive uma pessoa pode esquecer completamente sua constelação, esquecer as imagens da sua constelação. O movimento interno posto em marcha dentro dessa pessoa e de seu sistema familiar não precisa dessas imagens. 

 *texto retirado de Instituto de Constelações Familiares Brigitte Champetier de Ribes / Brasil

"A mesma força que leva à enfermidade também leva à solução". Bert Hellinger

Se você sente o chamado para conhecer este trabalho, eis a oportunidade, esta vivência é realizada através do método individual com duração de 1 hora aproximadamente em um ambiente privativo e acolhedor, no meu consultório de psicologia em Curitiba. Para agendamentos, valores e dúvidas entre em contato (41) 99864.9110

   

     

*Vanessa Granero Pereira é Psicóloga Clínica (CRP/08 20113) especialista em Terapia Familiar Sistêmica e Fenomenologia Sistêmica. Em uma abordagem breve e eficaz, atende em seu consultório particular de psicologia em Curitiba, pessoas de todas as idades. Se você precisa de ajuda, entre em contato. 

Endereço: Avenida República Argentina, 1469, sala 10, Água Verde, Curitiba, PR.

 psi.vanessagranero@gmail.com |

(41) 99864-9110

​© 2019 por Psicóloga Vanessa Granero Pereira.