Traumas emocionais

 

Quem sou Eu além do Meu Trauma?

"Quem sou eu?" A cura, seja de distúrbios de ordem psíquica ou de ordem física precisam de um objetivo para surtir efeito. O que pode ser esse objetivo? Na minha experiência, no que se refere à saúde psíquica equivale a viver plena e completamente a própria identidade. Para que possamos expressar e perceber o que está no centro do nosso ser.

 

Como reconhecemos que estamos em contato com nossa própria identidade? Aqui também, a experiência mostra: Precisamos de um eu saudável, um livre arbítrio e precisamos estar em contato emocional com o nosso próprio corpo.

 

Quando nos orientamos apenas para os outros, o que eles fazem por nós, quando cumprimos principalmente os desejos dos outros e disponibilizamos nossos corpos para agradar aos outros, não estamos mais completamente presentes. Nesses casos, o corpo pode, por exemplo, usar sintomas da doença para nos mostrar que estamos fora de contato com nós mesmos. Outro aspecto de não ter um relacionamento saudável consigo mesmo é não ter boas relações com os outros.

 

Em meus atendimentos, utilizo o método de intenção de Franz Ruppert para aumentar a consciência do cliente sobre suas divisões, ou partes, de sua  identidade. Essas fragmentações são causadas por experiências traumáticas de vida, e através desta tomada de consciência é possível recorrer a medidas específicas para a cura de si mesmo. 

No geral, grande parte da população está ou algum dia esteve traumatizada. Se não está traumatizado(a) convive com alguém que foi. Os traumas psíquicos, no geral, são a causa principal de desordens psíquicas como a ansiedade, depressão, transtornos de personalidade como a bipolaridade e o transtorno borderline. É importante que um profissional habilitado e com experiência e conhecimento teórico possa auxiliar o cliente na cura de suas feridas traumáticas. Um profissional que não conhece com propriedade a psique humana pode levar o cliente à re-traumatizaçoes, por isso, é sempre útil buscar orientação antes de iniciar um processo terapêutico. No mais, sem uma conscientização das partes traumatizadas e estratégias de sobrevivência que mascaram tais feridas como é possível abrir um espaço para uma psique saudável?

Psicóloga Vanessa Granero

 

 

 

 

 

 

*Vanessa Granero Pereira é Psicóloga Clínica (CRP/08 20113) especialista em Terapia Familiar Sistêmica e Fenomenologia Sistêmica. Em uma abordagem breve e eficaz, atende em seu consultório particular de psicologia em Curitiba, pessoas de todas as idades. Se você precisa de ajuda, entre em contato. 

Endereço: Avenida República Argentina, 1469, sala 10, Água Verde, Curitiba, PR.

 psi.vanessagranero@gmail.com |

(41) 99864-9110

​© 2019 por Psicóloga Vanessa Granero Pereira.